Imagem capa - Dicas de como escolher o Fotógrafo no seu Casamento por Renato Teixeira
Dicas

Dicas de como escolher o Fotógrafo no seu Casamento

A seguir algumas dicas do que, na minha opinião e de algumas noivas, poderiam ser levadas em consideração na hora de escolher o fotógrafo mais adequado para fotografar o seu casamento:


DEFINA CLARAMENTE O SEU ESTILO PREFERIDO DE FOTOS:


São vários os estilos de fotografia disponíveis no mercado e cada um deles tem suas características. Não adianta pedir para um fotógrafo fazer aquilo que ele não sabe ou não está acostumado a fotografar. Nestas horas, aquelas referências de fotos que você garimpou na Internet - quando mostradas para o fotógrafo - ajudam muito pouco (exceto nos casos onde há muita flexibilidade por parte do profissional). O efeito obtido poderá ser o contrário, ou seja, o fotógrafo escolhido poderá se sentir pressionado a produzir fotos muito diferentes do seu estilo.


Os estilos mais comuns, encontrados na fotografia de casamento, são:


Tradicional ou clássico: aqui o fotógrafo praticamente seguirá uma lista de fotografias que não podem faltar e aquelas mais tradicionais, bem como seguir estritamente o que o casal especificou;

Fotojornalismo: este é um estilo mais documentário, onde o fotógrafo irá tentar contar a história sob sua ótica (com o mínimo ou nenhuma interferência na cena) e poucas fotos "posadas" serão solicitadas. Normalmente, um ou dois fotógrafos ficarão com vocês grande parte do casamento, procurando registrar os acontecimentos mais importantes;

Fotografia ilustrativa: é quase uma combinação dos dois primeiros. Fotos "posadas" estão inclusas, mas é dado mais ênfase nas poses relaxadas e informais com certo cuidado na composição das imagens. A luz, neste tipo de fotografia, ganha uma importância muito grande. Existe uma busca constante por fotografias espontâneas (momentos) intercaladas com fotografias de grande beleza (estética);

Fotografia de moda (ou "Fashion"): este estilo tende a ser um pouco mais dramático do que os demais, onde os objetos e as pessoas irão parecer mais glamorosos e estilosos do que o normal.


DEFINA O QUE VOCÊ REALMENTE DESEJA:


Nem sempre sabemos o que queremos e sim o que não queremos. Isto faz parte da natureza humana. Portanto, muitas vezes, somos bombardeados por uma série de opiniões e referências que nem sempre fazem sentido para nós mesmos. Por isso, procure definir o que realmente deseja em termos de fotografia, desde o estilo das fotos (e do fotógrafo), passando pelos "pacotes" oferecidos pelos grandes estúdios de fotografia até quantidade de fotos e outros detalhes. Entendo que nem sempre é fácil escolher o que se deseja sem conhecer todos os serviços disponíveis no mercado. Mas tenha cuidado com ofertas muito vantajosas com preços muito baixos.


DEFINA SEU ORÇAMENTO PARA ESTA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO (FOTOGRAFIA) E A DEVIDA ANTECEDÊNCIA NA BUSCA DO PROFISSIONAL:


O seu orçamento reservado para a contratação do prestador de serviço em Fotografia é um forte indicativo da importância que você dará para a memória de um dos dias mais importantes da sua vida. Afinal de contas, depois da festa do casamento, somente as fotos e/ou vídeo é que contarão a história de como foi o seu dia e o que seus filhos, pais, avós e netos poderão ver durante as próximas gerações. Pense com carinho nas suas memórias!


Quanto mais cedo você começar a procurar o seu Fotógrafo, maiores serão as possibilidades de acerto e mais tempo terão para se conhecerem melhor. Lembre-se, o seu Fotógrafo deverá passar muitas horas ao seu lado. Melhor seria se a sua presença fosse a mais agradável possível. Não deixe para escolher o fotógrafo quando o seu orçamento estiver quase no final. O que você iria tirar da lista para contratar aquele fotógrafo mais desejado e o mais caro?


CONHEÇA O SEU TRABALHO E AVALIE SUA CONSISTÊNCIA:


Após pesquisar muitos fotógrafos em vários locais, Internet, indicações, "posts" no Facebook e com algumas opções em mãos, procure conhecer um casamento fotografado por completo e avalie a consistência do seu trabalho (principalmente em termos de cores). Nestas horas, olhar somente as fotos premiadas ou somente aquelas do seu portfólio (as melhores dentre as melhores) pode não ser suficiente. Fotos impressas, preferencialmente em álbuns ou livros fotográficos fazem a diferença. Nem sempre uma linda foto na tela do seu computador ou smartphone ficará tão linda quando impressa em um álbum fotográfico.


CONHEÇA O FOTÓGRAFO PESSOALMENTE:


Mesmo sabendo das dificuldades do trânsito e da disponibilidade escassa de tempo para reuniões ou conversas pessoalmente, não abra mão de conhecer o fotógrafo antes de uma decisão (pode ser por vídeo chamada, por exemplo Skype). Neste dia você terá a oportunidade, acima de tudo, de saber se o seu santo vai bater com o dele. Se não houver uma sinergia, um interesse genuíno para contar a história do seu casamento, continue procurando. Procure dar preferência pelos profissionais que irão fotografar o seu casamento pessoalmente (que não mandarão outro fotógrafo em seu lugar - exceto em casos de problemas médicos), ou seja, aqueles que poderão se dedicar de forma exclusiva a um único evento por dia, de corpo e alma no seu casamento.


Nestas horas, saber entender exatamente quais são os seus sonhos e expectativas em termos de fotografia, como se comunicar adequadamente com seus valores e princípios, poderá fazer uma grande diferença.


PROCURE SABER COMO É A PÓS-PRODUÇÃO:


Você sabia que a foto (por mais moderna que seja a câmera fotográfica hoje em dia) não sai pronta da máquina? Não se trata somente de apertar um botão e apontar para o lado certo! Todas as fotos tiradas neste dia deverão passar por um criterioso controle de qualidade, por uma curadoria (escolha e seleção das melhores fotos) e por uma pós-produção que consiste em ajustar cada uma das fotos escolhidas em termos de luz, cor, contraste e brilho para que sejam harmonizadas com a linguagem própria do fotógrafo. Isto leva muito tempo e requer cuidado, atenção e carinho de quem faz! Controle sua ansiedade com os prazos de entrega.


CONHEÇA OS DETALHES DO TRABALHO, DO CONTRATO E DE COMO ELE PRODUZ AS FOTOS - MAS NÃO SE ESQUEÇA DE CONHECER O PORQUE ELE FOTOGRAFA:


Pessoas compram pessoas! Saber como o fotógrafo faz, o tamanho da sua equipe, qual equipamento utiliza, como faz o backup das suas fotos, quantas horas vai ficar em seu casamento, o que será fotografado e o que não será, a minuta do seu contrato, seus direitos e obrigações, as formas de pagamento, as facilidades disponíveis, seus prazos de entrega, suas formas de entrega, a ajuda recebida na hora de selecionar as fotos para o seu álbum e demais detalhes são de grande importância. Mas nada disso terá valor se você não pactuar com os reais motivos (os PORQUÊS) um fotógrafo faz o que faz. Os seus PORQUÊS deveriam estar alinhados com seus valores e princípios. Caso contrário, a comparação será somente baseada nos preços e no que vai receber.